Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), confirmou que os estádios do estado poderão receber público novamente a partir do dia 1º de novembro. Ele também informou que a previsão é de que o autódromo de Interlagos tenha 100% de lugares ocupados no GP de São Paulo de Fórmula 1, no mesmo mês.

O governador não deu detalhes de como será a operação dos estádios na reabertura:

– O futebol terá também o seu protocolo. Com a liberação dos estádios em São Paulo a partir do dia 1° de novembro, com protocolos, assim como a F1, para garantir a volta gradual e segura das torcidas aos estádios de futebol. Oportunamente divulgaremos isso em conjunto com a FPF (Federação Paulista de Futebol) e a CBF – disse Doria.

Os estádios estão fechados para público desde março do ano passado. Na última semana, a CBF divulgou um protocolo para a retomada, com obrigatoriedade de vacina ou teste negativo para Covid-19, que será aplicado nas cidades em que a presença de torcedores estiver autorizada.

O governador paulista informou que para o GP São Paulo será exigido comprovante de vacinação. No estado, segundo o Governo, 91,6% da população adulta já recebeu a primeira dose, enquanto 28,2% já tem imunização completa.

Recentemente, os clubes paulistas se manifestaram em conjunto contra uma decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) que autorizou a presença de público em jogos do Flamengo em cidades onde há autorização – os cariocas já jogaram diante de torcedores recentemente, na Libertadores, contra o Defensa y Justicia, em Brasília.

Os clubes têm defendido a volta do público aos estádios, desde que isso seja concedido a todas as equipes ao mesmo tempo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Últimas notícias

Você informado

Em Destaque

Podcast

Hymax

Você informado

Esporte

Para curtir

Bastidores

Shopping Basket