Em colapso na Saúde, Aviões chegam a Manaus com cilindros de oxigênio para abastecer hospitais

As aeronaves partiram de São Paulo, na noite dessa quinta-feira, com mais de 18 toneladas de oxigênio líquido. O sistema de saúde da capital amazonense entrou em colapso após a nova explosão de casos da Covid-19. Sobrecarregados, os hospitais ficaram sem oxigênio para pacientes e os doentes estão morrendo por asfixia.

O Amazonas vive um colapso na área da saúde por conta da escassez de oxigênio para oferecer a pacientes com covid-19em estado grave. O secretário de Saúde do Estado, Marcellus Campêlo, informou que o consumo diário de oxigênio teve um pico de 30 mil metros cúbicos em 2020 e, em janeiro deste ano, chegou a 70 mil metros cúbicos em apenas um dia.

De acordo com a FAB, as duas aeronaves são modelo C-130 Hércules. No total, 18 toneladas de cilindros de oxigênio foram levadas a Manaus — outras 24 toneladas já haviam sido levadas na segunda-feira (11).

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Shopping Basket