Italo Ferreira conquista primeiro ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

Na madrugada desta terça-feira (27), o surfista Ítalo Ferreira fez história na modalidade, estreante nos Jogos Olímpicos e ocupou o lugar mais alto do pódio ao desbancar o japonês Kanoa Igarashi na grande final. De quebra, o potiguar de 27 anos vingou o compatriota Gabriel Medina, eliminado horas antes pelo anfitrião nas semifinais, e que também não conseguiu bater o australiano Owen Whright na briga pelo bronze.

O filho de Baía Formosa, no Rio Grande do Norte, também foi responsável pela primeira medalha de ouro do Brasil na atual edição dos Jogos. Com um minuto e meio de prova, o brasileiro tentou uma manobra que acabou com sua prancha sendo rachado ao meio e precisando ser trocada rapidamente.

Insatisfeito com a escolhida para a troca, ele fez uso de uma terceira. Enquanto se preparava, ouvia orientações do treinador. Curiosamente, esta não foi a primeira dor de cabeça de Ferreira com seu principal instrumento de trabalho. Antes de as competições começarem, ele chegou a Tóquio com a notícia de que as pranchas haviam sido extraviadas devido a um problema de conexão no aeroporto de Paris.

Com o brasileiro sobrando no mar e o japonês sem poder de reação, o resultado final não poderia ter sido diferente. Sem sustos, Ítalo Ferreira coroou a bela campanha na competição e o placar deixou clara a superioridade: 15,14 a 6,60. No minuto final, ele já comemorava a conquista e desfilava sobre a prancha em direção à praia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Shopping Basket