Mogi Mirim abre comércio nesta Segunda Feira com pré requisitos, veja.

Cinco setores serão permitidos pela Prefeitura de Mogi Mirim, seguindo o plano São Paulo, a partir de 1º de junho. 

A flexibilização no comércio da cidade, irá funcionar em horário reduzido, das 12h00 ás 16h00 com capacidade limitada a 20%, sendo assim proibida a aglomeração de pessoas no local.

Mogi Mirim se encontra na Fase 2 do Plano São Paulo, onde se encaixa na região de São João da Boa Vista.

Além dos estabelecimentos de atividades essências, serão permitidos atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios e comércios.

Já o decreto municipal será divulgado na edição deste sábado (30) do Jornal Oficial de Mogi Mirim e terá validade imediata. Na prática, a quarentena visa combater o coronavírus através do isolamento social, a fim de evitar as aglomerações.

Serviços permitidos aos municípios listados na Fase 2

– Serviços médicos, hospitalares e laboratórios de análises clínicas e comércio de óculos e lentes (óticas), produtos ortopédicos e similares;

– Atividades de segurança privada;

– Transporte coletivo de passageiros, locadoras de veículos, transporte individual por táxi ou aplicativos;

– Supermercados, atacadistas e comércios em geral que vendam gêneros alimentícios, suplementos alimentares e produtos de limpeza, devendo priorizar os serviços de entrega;

– Farmácias;

– Serviços bancários, incluídos as casas lotéricas;

– Fábricas e indústrias, as quais deverão respeitar a capacidade máxima de 30% em seus restaurantes;

– Postos de combustíveis;

– Lojas que atendam as capacidades básicas dos animais, incluindo banho e tosa, e atividades agrícolas;

– Lojas de materiais de construção;

– Bancas de jornais;

– Prestadores de serviços essenciais como oficinas mecânicas e similares, lavanderias, serviços de limpeza, prevenção, controle e erradicação de pragas, hotéis e atividades similares, meios de comunicação social e assistência técnica;

– Vendas de gás de cozinha;

– Serviços funerários;

– Estabelecimentos de atividades imobiliárias;

– Concessionárias;

– Escritórios e comércio.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Últimas notícias

Shopping Basket