O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, vai pedir “uma punição esportiva” para os clubes em casos de racismo. Nesta sexta, a entidade vai enviar um documento à Conmebol solicitando uma “pena mais dura” e propondo a retirada de “pelo menos um ponto” dos times que tiverem torcedores envolvidos em atos de racismo na Libertadores e na Sul-Americana.

Na semana passada, a Conmebol anunciou que pretende aumentar a multa aos clubes cujos torcedores cometerem esses atos.

No ofício, Rodrigues vai pedir uma reunião extraordinária do Comissão de Competições da Conmebol para discutir a proposta.

– Não concordo com apenas multa financeira ao clube que tiver um torcedor racista. Não se combate a discriminação apenas aumentando a multa. Tem que ser de forma mais dura. O clube precisa sofrer uma punição esportiva. Quero que o time do torcedor identificado cometendo um ato racista perca pelo menos um ponto na tabela do campeonato. Só assim acredito que vamos pacificar os estádios – disse o presidente da CBF.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Últimas notícias

Você informado

Em Destaque

Shopping Basket